The Man Of The Match


The Man Of The MatchPara quem tinha dúvidas sobre o seu valor, para quem achava que podia arrumar as botas, para quem considerava que faltava provar alguma coisa, Luís Figo, com classe e garra de sempre, mostrou dentro de campo porque foi “The Man Of The Match” pela UEFA.
Mas não se ficou com a classe dentro do campo. Quando chegou à sala de imprensa, foi recebido com uma salva de palmas unânime. E as suas palavras foram : «Nada há que se possa comparar a uma final do Campeonato da Europa. Trocaria todos os títulos que já conquistei por este. Não só por mim, mas por pelos adeptos, que têm sido fantásticos. Estas vitórias são fruto do esforço colectivo deste grupo. Se joguei com raiva? Não jogo com raiva, mas sim com prazer. Obviamente, não somos máquinas e as coisas nem sempre saem como pretendemos. Mas estou de consciência tranquila. O mais importante foi termos conseguido esta presença na final»
Sobre a preferência do próximo adversário:
«Não tenho preferência. Se queremos ser os melhores, temos de vencer os melhores»
Por fim, Figo dedicou esta vitória aos seus companheiros quando há 13 anos, no Estádio da Luz, se se sagraram campeões mundiais de juniores, frente ao Brasil.
E saiu como entrou, com uma salva de palmas dos jornalistas presentes.

Anúncios

Golos


Enquanto o meu primo Nuno Luís já disponibilizou os momentos de glória através dos sons da TSF, espero conseguir colocar aqui os não menos arrepiantes e emocionantes da Antena1.